Fraternidade, Saúde e Paz

 

Todos os dias, ao terminarmos a prática de tai chi chuan, na Praça da Harmonia Universal, na EQN 104/105, em Brasília, abraçamo-nos em círculo, dizemos nosso nomes, ouvimos algumas informações e, em seguida, fazemos a leitura de um poema do livro de Lao Tsu, Tao te ching, escolhido ao acaso. Por fim, pronunciamos as três palavras do título "Fraternidade - Saúde - Paz". Essas palavras têm muito a ver com o que fazemos na PHU, no sentido de que contêm um núcleo de significado comum, que está em perfeita sintonia dom fundamentos do taoísmo, filosofia que orienta toda a prática do tai chi. A idéia central é a de harmonia.

A palavra "fraternidade" provém da palavra latina "frater", que significa irmão. Ou seja, "Fraternidade" significa irmandade, significa harmonia, como a que existe (ou deveria existir) entre irmãos. Em um sentido mais geral, essa palavra indica harmonia interindividual, entre as pessoas que compõem a comunidade, portanto, podemos chamá-la também de harmonia intracomunitária.

Quanto à palavra "Saúde", também ela implica harmonia. Estar saudável significa estar íntegro, estar com todas as partes do corpo em sintonia umas com as outras e com o todo, bem como em harmonia com o espírito. Tanto que quando temos, por exemplo, algum problema intestinal, freqüentemente dizemos que estamos com desarranjo intestinal. Trata-se, como se vê, de uma harmonia que está dentro do próprio indivíduo, uma harmonia intraindividual

A palavra "Paz", por fim, é auto-evidente. "Paz" significa ausência de guerra, de conflitos entre povos. Não basta cada indivíduo estar em sintonia consigo próprio, nem mesmo estar em sintonia com os indivíduos mais próximos, como os irmãos, os amigos, os colegas e os vizinhos. No espírito do Tao, é preciso que a comunidade de que ele faz parte também esteja em sintonia com as demais comunidades do mundo. É preciso que cada nação esteja em harmonia com as demais nações. Portanto, "Paz" implica harmonia entre as comunidades, harmonia intercomunitária, harmonia internacional. Como se vê, não é suficiente uma harmonia na comunidade de pessoas que freqüentam a Praça da Harmonia Universal nem, muito menos, na comunidade brasileira como um todo. Paz significa harmonia entre todas as comunidades do mundo, uma harmonia mundial, pois todos habitamos Gaia, este ser vivo a que chamamos Terra. Ao fim e ao cabo, é necessário uma harmonia universal. Por exemplo, se Gaia adoecer ou morrer, ficar como Marte ou Vênus, todos os seres vivos adoecerão ou morrerão com ela.

Como se vê, aparentemente as três palavras nada teriam em comum, mas apenas aparentemente. Quando analisamos seu conteúdo, constatamos que todas elas levam na direção da simplicidade, da humildade, da tolerância e da vida ao ar livre, isto é, na direção de uma maior harmonia com o mundo.  

A escolha dessas três palavras para encerrar as atividades de tai chi chuan na Praça da Harmonia Universal foi muito feliz. Elas sintetizam muito do que os praticantes dessa atividade almejam. Cada um de nós deseja estar em harmonia consigo mesmo (Saúde), com os outros praticantes (Fraternidade) e com o resto do mundo (Paz). Quem está em harmonia consigo mesmo, com o próximo e tem a felicidade de morar em um país que vive em harmonia com os demais países, além de estar em harmonia com a natureza, quem está em harmonia com tudo isso é uma pessoa feliz. Isso é o desejo de todos que praticam tai chi chuan no mundo inteiro, o que nos inclui.  

Na Praça da Harmonia Universal procuramos não falar em religião nem em nenhuma outra orientação que possa dividir as opiniões. Procuramos também evitar atritos uns com os outros, antipatias, palavras ásperas, uma vez que isso cria desarmonia. Por mais difícil que possa parecer, é importante tentar assimilar e por em prática as palavras do Tao te ching. O que todos nós buscamos é HARMONIA, ou seja, FRATERNIDADE, SAÚDE E PAZ.

Hildo Honório do Couto
Universidade de Brasília, praticante e monitor de tai chi chuan na PHU.